Home » Estética » 10 coisas que as pessoas não sabem sobre o peeling de cristal

10 coisas que as pessoas não sabem sobre o peeling de cristal

É um tipo de peeling indicado para várias alterações de cor e textura da pele. É o queridinho das estrelas de Hollywood por poder ser feito de forma rápida e sem atrapalhar as atividades sociais e de trabalho (peeling da hora do almoço). Se você apresenta alguma das queixas abaixo, é uma candidata ao peeling de cristal. Agende sua consulta com um especialista no assunto

peeling de cristal sendo realizado em paciente

1) Quem pode se beneficiar desse tratamento?

É indicado para as seguintes situações:

  • Manchas (melanoses solares, melasma e sardas);
  • Espinhas (acne ativa leve e cravinhos);
  • Cicatrizes de acne;
  • Pele seborréica;
  • Estrias;
  • Rejuvenescimento (prevenção e tratamento);
  • Rugas finas (Bigode chinês, pés de galinha, código de barra nos lábios e outros tipos de rugas já marcadas na pele);
  • Pelos encravados (muito indicado para homens que possuem foliculite da barba);
  • Poros dilatados;
  • Cicatrizes pós traumáticas e pós cirúrgicas;
  • Pré limpeza de pele.

Por estimular colágeno, também é muito indicado como preventivo de flacidez.

2) Como funciona?

O peeling de cristal é um tipo de microdermoabrasão: consiste em uma esfoliação mecânica progressiva e controlada da pele. É feito com ajuda de um aparelho que faz sucção através de uma ponteira, ao mesmo tempo em que libera cristais de óxido de alumínio sobre a pele. Esses cristais são responsáveis por esfoliar e remover as impurezas e células mortas de toda a parte externa da pele.

O interessante é que esse processo estimula os fibroblastos (fábrica de colágeno da pele) e força uma renovação das células, produzindo uma pele mais bonita e saudável.

3) Qual é o profissional que realiza esse procedimento?

O médico dermatologista pode fazer o procedimento mais profundo. Esteticistas utilizam ponteiras diferentes, que fazem o procedimento de maneira mais superficial.

4) Grávidas podem se submeter a esse tratamento?

É um dos poucos procedimentos estéticos permitidos para grávidas,  desde que seja feito isoladamente ou associado apenas a produtos hidratantes.

5) Quando começo a perceber resultados com o tratamento?

Após a primeira sessão, os resultados são discretos, tornando-se mais visíveis após a terceira sessão.

6) Quantas sessões são necessárias para se atingir bons resultados?

São necessárias pelo menos três sessões e o número total depende de cada caso.

 – Para manchas, cravos e rugas: um tratamento com três a cinco sessões costumam ser suficientes, mas isso depende muito do estado da pele da paciente;

Saiba mais sobre:

Manchas
Cravos
Rugas

 – Para estrias: muitas sessões, estrias são difíceis de tratar… Em torno de 5 a 10 sessões são necessárias.

Saiba mais sobre:

Estrias
Tratamento de estrias

7) qual o intervalo entre as sessões?

O intervalo indicado para as sessões varia de acordo com a profundidade do tratamento:7 a 15 dias para peelings superficiais, e de 15 a 30 dias para peelings médios.

8) Podem ser feitos outros tratamentos estéticos no mesmo dia do peeling de cristal?

O peeling de cristal pode ser associado com outros peelings e até com a luz intensa pulsada, promovendo uma sinergia entre esses tratamentos.

9) Como vou ficar após terminar o procedimento?

Quando o procedimento é mais superficial, você pode esperar nos próximos 2 a 5 dias:

 – Pele levemente avermelhada;
– Sensação de uma leve queimadura solar (leve ardor ao lavar o rosto ou aplicar cremes);
– Sensação de ressecamento transitória;
– Descamação suave (lembrando pele descamando após queimadura solar).

No peeling de cristal médico, o pós procedimento se assemelha ao de um peeling médio:

 – Descamação mais intensa por 5 a 10 dias;
– As escamas podem se soltar com fitas de durex, algumas vezes mais grossas ou mais escuras dependendo da intensidade do peeling.

10) Existem riscos no tratamento com peeling de cristal?

 – O cristal de dióxido de alumínio deve sempre ser descartado após o uso para evitar contaminação de um paciente a outro. A reutilização do cristal é proibida.

 – Podem ocorrer manchas mesmo após tratamentos superficiais. Em casos de tratamento profundo, podem ocorrer cicatrizes permanentes.Por isso o tratamento deve ser antecedido por um preparo adequado da pele com cremes específicos para minimizar os riscos;

 – A indicação clínica correta e boa técnica do profissional são igualmente importantes.

Saiba mais sobre:

O que é peeling?
Tipos de peeling
Peeling de fenol

 



Dra. Maise SampaioDra. Maise Sampaio
Médica Dermatologista
CRM-GO 12756 | RQE 8130

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

2 Comentários

  1. Posso fazer peeling de cristal ou diamante ,Tenho implantes dentários?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *