Home » Doenças da Pele » Hiperplasia sebácea

Hiperplasia sebácea

Hiperplasia sebácea é uma lesão elevada que aparece na pele, nas áreas com maior número de gandulas sebáceas

hiperplasia-sebacea-dermatologia-e-saude-350x300Acontece devido a proliferação benigna das glândulas sebáceas. Acometem preferencialmente a pele da face sendo mais frequente nos pacientes idosos e homens. Os pacientes jovens também podem ser acometidos.

Clinicamente são pequenas saliências arredondadas de alguns milímetros de tamanho, cor da pele, brancacentas ou rosadas, em quantidade variável, que aparecem nas áreas mais oleosas da pele, como a região frontal (testa), regiões temporais e nasais. Mais raramente no pescoço e no tórax (região peitoral). Não tem sintomas, sendo apenas um problema estético.

Os hormônios androgênicos parecem ser responsáveis para esse aumento do volume glandular. O diagnóstico é realizado através do exame clínico. Uma biópsia raramente pode ser necessária para diferenciar de um carcinoma basocelular, lesão de pele com a qual pode se parecer.

O tratamento é feito pela destruição da porção dilatada aparente na pele através de métodos diversos como eletrocoagulação, nitrogênio liquido, ácidos, peelings e laser. Em alguns casos poderá ser utilizado o tratamento com isotretinoina oral ou terapia fotodinâmica auxiliando temporariamente na prevenção de novas lesões.



Dra-Marta-Izabel-Cerutti-AlbeDra. Marta Izabel Cerutti
Médica Dermatologista
CRM-RS 14708| RQE 12477

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google

 


Tags:

1 Comentário

  1. Muito boa a explicação sobre hiperplasia sebácia. Gostaria de maiores informações sobre mancha escura no meio das costas parte toraxica…. Muitas dúvidas se é atrito de encostar por causa de coluna com desvio, se é amillidose ou outro nome que não lembro.
    Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *