Home » Estética » Cicatrizes » Cuidados com as cicatrizes após cirurgias

Cuidados com as cicatrizes após cirurgias

Cuidados-com-as-cicatrizes-após-cirurgias-dermatologia-e-saúde

Vamos falar sobre os cuidados necessários para que as cicatrizes após cirurgias fiquem bem discretas.

Deixar a ferida aberta não ajuda a cicatrizar mais rápido. Estudos já comprovaram que qualquer tipo de ferimento coberto por curativos cicatrizam 4 vezes mais rápido que aquele que fica exposto.

Muita pessoas deixam de se submeter a uma cirurgia estética ou até terapêutica por medo de ficar com cicatrizes indesejáveis. Vamos falar aqui sobre os cuidados necessários para que estas cicatrizes fiquem bem discretas.

Quando a pele é cortada durante a cirurgia, a camada mais superficial e fina demora de 7 a 10 dias para fechar. Para que um lado da ferida se una ao outro lado, o cirurgião faz a sutura (dá pontos na ferida), a qual é retirada geralmente quando essa camada mais externa já cicatrizou. Entretanto, a ferida leva mais tempo para cicatrizar completamente por dentro: a epiderme leva até 28 dias para se refazer, enquanto a derme, camada mais profunda da pele, pode levar até 6 meses. Isso acontece porque o colágeno necessário para regenerar a pele leva meses para ser produzido pelo nosso corpo.

Fatores que interferem na qualidade de uma cicatriz após uma cirurgia:

  • Local do corpo onde foi feita a cirurgia: regiões de dobras como cotovelos, joelhos, ombros e pescoço apresentam maior tendência a cicatrização ruim, pois a pele não fica parada. As áreas de pele tensa e esticada como peito, costas e panturrilhas, também podem evoluir com cicatrizes alargadas ou queloides.
  • Grau de inflamação da ferida durante o processo de cicatrização: uma ferida cirúrgica infeccionada pode prolongar a fase inflamatória da cicatrização, deixando uma cicatriz menos estética no final.
  • Cor da pele: pessoas de pele negra e orientais têm mais tendência a desenvolver queloide.
  • Histórico familiar: pais que possuem má cicatrização costumam ter filhos com a mesma tendência.
  • Idade e fase hormonal: a incidência de cicatrização ruim é maior na puberdade e durante a gravidez. Já a pele dos idosos, por ser mais fina e flácida, geram menos tensão na cicatriz, apresentando resultados estéticos melhores no pós operatório.

Além de boa técnica de sutura do médico cirurgião, os cuidados para se ter uma cicatriz com boa aparência começam com a realização adequada de curativos úmidos enquanto o paciente ainda estiver com os pontos. Isso varia muito com o tamanho e local da ferida cirúrgica (siga corretamente as orientações do seu médico cirurgião).

Ao contrário do que muita gente pensa, deixar a ferida aberta não ajuda a cicatrizar mais rápido. Estudos já comprovaram que qualquer tipo de ferimento coberto por curativos cicatrizam 4 vezes mais rápido que aquele que fica exposto.

Os pontos devem ser retirados o mais precocemente possível. Mantê-los por muito tempo geram cicatrizes excessivamente marcadas, como as do “Frankestein”.

Como evitar alterações nas cicatrizes?

  • Cuidar da alimentação ajuda muita na cicatrização. A vitamina C, por exemplo, é muito importante na produção do colágeno. Então, inclua acerola, morango, laranja, limão e outras fontes desse nutriente na sua dieta. Carne, leite e ovos ajudam a suprir a necessidade de ferro, proteínas e outros minerais necessários para uma boa cicatrização.
  • Aproveite a cirurgia e pare de fumar! O cigarro atrapalha a cicatrização! Dentre outros malefícios, inibe a absorção da vitamina C pelo organismo.
  • Informe seu médico se já teve problemas de cicatrização em cirurgias passadas (queloides ou cicatrizes hipertróficas).
  • Após o primeiro mês da cirurgia, fique atento aos sinais de coceira, dor, endurecimento, elevação ou vermelhidão da cicatriz. Isso pode significar uma má evolução do processo de cicatrização.
  • Se observar algum dos sinais acima, procure seu médico cirurgião ou um médico dermatologista. Quanto antes a cicatriz for tratada e acompanhada, menores as chances de ela ficar com uma aparência ruim no futuro.

Quando começar o tratamento da cicatriz após uma cirurgia?

  • Após a retirada de pontos, a cicatriz já pode receber tratamentos específicos. Se o paciente tem tendência à má cicatrização, é muito importante o início precoce de tratamento.

Cuidados-com-as-cicatrizes-após-cirurgias-dermatologia-e-saúde-01

Cuidados gerais que podem ser tomados após retirada de pontos:

  • Hidratar a cicatriz com cremes à base de silicones ou óleo de rosa mosqueta ajudam a reduzir a coceira provocada pela cicatrização dos tecidos.
  • A cicatriz recente não deve ser traumatizada com arranhaduras.
  • A massagem feita durante a aplicação de cremes cicatrizantes ajuda a prevenir aderências cicatriciais, evitando planos irregulares na superfície da cicatriz.
  • Nos primeiros 3 meses, a cicatriz se mantém mais avermelhada, sendo importante evitar sol durante esse período para evitar escurecimento do local.O uso de curativos em fita pode ser uma boa opção.
  • A melhor maneira de se proteger esse tecido ainda frágil é através de curativos que funcionam como pontos falsos. Isso faz diminuir a tensão presente no local.

Qualquer corte cirúrgico, por mais perfeito que seja, deixará sua marca. A cicatriz é inevitável.Converse com seu médico sobre suas expectativas com a cirurgia. Caso seja uma cirurgia estética, reflita se o problema o incomoda a ponto de preferir as cicatrizes causadas pelo procedimento.

 



Dra. Maise SampaioDra. Maise Sampaio
Médica Dermatologista
CRM-GO 12756 | RQE 8130

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

5 Comentários

  1. Oi bom dia Dra.
    Gostaria de saber se é normal abrir ferimento na cicatriz após quase dois meses de ser realizado a cirurgia??

  2. Obrigada pelas dicas gostei muito e que rettirei um cito ssebaceo faz 6dias no peito mas ta muito feio não achei que ia ficar assim por isso pedi a opiniões de vocês

  3. Obrigada pelas dicas gostei muito e que rettirei um cito ssebaceo faz 6dias no peito mas ta muito feio não achei que ia ficar assim por isso pedi a opiniões de vocês

  4. Boa noite! Fiz lifting na face e pálpebras. tem um mês e quinze dias. Mas está coçando muito, atrás da orelha e nos olhos. Meu médico se afastou por doença na família. Não sei o que fazer. liguei na clínica me passaram a pomada dexametasona mas não está resolvendo. se puder me ajudar te agradeço. obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *