Home » Dicas » Conheça algumas diferenças entre acne, dermatite perioral e rosácea

Conheça algumas diferenças entre acne, dermatite perioral e rosácea

Apesar de serem bem parecidas visualmente, a dermatite perioral é diferente da acne e da rosácea. Na acne, há muitos cravos (comedões) e a pele costuma ser mais oleosa. Já na dermatite perioral, observamos bolinhas avermelhadas (pápulas) e algumas com pus (pústula), sem cravos, e a pele tende a ser ressecada e sensível. Já na rosácea, a vermelhidão da face é persistente e envolve também as bochechas e o nariz, com muitos vasinhos visíveis e pápulas que costumam ser dolorosas.

Cravos e Oleosidade

Tenho uma dermatite no rosto. O que eu faço?

Se você tem erupções na pele, procure um dermatologista rápido, pois o diagnóstico muitas vezes não é fácil. É importante evitar algumas coisas que podem piorar a sua dermatite e saber alguns truques para acalmar sua pele:

Dermatite

  • Suspenda o uso do corticoide no rosto, a não ser que seja prescrito pelo seu dermatologista, pois às vezes é necessário usar um corticoide menos potente antes de suspendê-lo totalmente;
  • Evite o uso de cosméticos e hidratantes pesados, como bases ou pastas;
  • Evite exposição à radiação solar, calor, vento e frio;
  • Use filtro solar, mas dê preferência aos filtros físicos;
  • Evite o uso de pastas de dente à base de flúor;
  • Lave o rosto apenas com sabonete neutro líquido;
  • Não use buchas, tônicos ou esfoliantes;
  • Abuse das águas termais, que desinflamam e acalmam a pele;
  • Hidrate a pele.

 

A dermatite perioral tem cura?

Sim, mas o tratamento pode ser longo e depende da intensidade e severidade da inflamação da pele e da idade da pessoa. Existe uma variedade de tratamentos que podem ser prescritos pelo seu dermatologista, como suspensão ou troca do corticoide, nos casos leves; uso de antibióticos tópicos e pomadas com imunomoduladores, nos casos moderados; prescrição de antibióticos orais, nos casos severos, ou isotretinoína oral, para pacientes que não respondam ao tratamento padrão. Não se automedique, pois a sua dermatite pode piorar. Também não use cremes ou pomadas “milagrosos” indicados por amigos ou parentes, pois o que funciona para uma pessoa muitas vezes não serve para a outra.



Dra. Ana Andrade CappDra. Ana Andrade Capp
Médica Dermatologista
CRM-DF 14.244 | RQE 10.245

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


1 Comentário

  1. Oi tudo bem uso de eritromicina ajuda na dermatite. ? E pode ser usado na gestação. ? Estou grávida de 23 semanas. ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *