Home » Estética » Ácido polilático e seu uso corporal

Ácido polilático e seu uso corporal

A flacidez corporal é queixa comum ainda de difícil controle exigindo um conjunto de medidas para que se obtenha algum resultado.

Agora, a esse arsenal de exercícios, dietas e aparelhos veio juntar-se um produto já consagrado na flacidez facial: Ácido polilático! Injetado nas áreas flácidas promove firmeza e melhora do contorno

Flacidez corporal e ácido polilático

Mulher com pele do abdômen flácida (Foto: Dollar Photo Club)
Mulher com pele do abdômen flácida (Foto: Dollar Photo Club)

A flacidez de algumas regiões como a pele do abdômen (especialmente nas mulheres que tiveram filhos), na face interna das coxas e nos glúteos (bumbum) tem sido queixa constante nos consultórios em especial após os 40 anos. Os cuidados com o rosto estão em dia: pele bem cuidada, firme e viçosa, contorno facial definido, mas na hora de colocar um biquíni, um short ou mesmo um vestido mais curto, vem a frustração!!

No auxilio a esta pacientes, há no mercado uma gama de alternativas com intuito de promover alguma melhora. Os resultados, contudo, seguem sendo discretos mesmo diante das melhores tecnologias :

  • radiofrequência;
  • lasers;
  • ultrassom.

O uso do ácido polilático (PLLA) corporal já vem sendo sugerido há alguns anos. Porém, somente recentemente teve maior adesão. As injeções desse produto estão disponíveis para aplicação corporal acrescentando um valor de peso as demais tecnologias.

Recurso amplamente usado e já consagrado e um grande aliado no tratamento da flacidez da face e pescoço agora tem um espaço no tratamento da flacidez corporal.

As áreas preferenciais para as aplicações são:

  • face interna das coxas;
  • face interna dos braços;
  • abdômen;
  • joelhos;
  • glúteos.
Mulher com pele do braço flácida (Foto: Dollar Photo Club)
Mulher com pele do braço flácida (Foto: Dollar Photo Club)

A ação do ácido polilático promovendo a firmeza da pele (ou sua volumizacão) depende da técnica utilizada e do resultado desejado.

A substância atua como um potente indutor da formação de colágeno novo (neocolagenese) através do estimulo á formação de novas fibras colágenas onde é injetado.

O numero de aplicações é variável dependendo da idade e da intensidade da flacidez requerendo pelo menos dois tratamentos por área, com intervalos mensais.

O Ácido polilático exige uma diluição diferente daquela usada na face bem como difere na técnica de aplicação que são dados relevantes observadas pelo médico especialista durante a realização do tratamento.

Os resultados se tornam visíveis 30 a 60 dias após quando há melhora da firmeza e da qualidade da pele e melhora significativa do contorno corporal com apagamento das depressões pela ação de preenchimento que se soma á firmeza.

Para queixas de resolução difícil como a flacidez corporal, a combinação de tratamentos ainda é a melhor escolha. Não podemos esquecer que saúde também é a soma do bem estar do físico e da mente. A melhora global, de forma consciente e madura, despojada de expectativas irreais, nos harmoniza.

A beleza está no equilíbrio.



Dra-Marta-Izabel-Cerutti-AlbeDra. Marta Izabel Cerutti
Médica Dermatologista
CRM-RS 14708| RQE 12477

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

2 Comentários

  1. Como faço para obter esse produto preciso muito,principalmente agora que estou perdendo pesso estou toda flácida.barriga coxas e braços.

    • Cara Lucineide, agradecemos sua mensagem!

      O site Dermatologia & Saúde é uma iniciativa pioneira de educação da população sobre as doenças de pele. Disponibilizamos o nosso conteúdo, que é escrito por médicos dermatologistas, de forma gratuita na internet com este objetivo.

      Para atendimento, por favor, procurar serviços de referência de sua região.

      Você pode pesquisar pelos colunistas deste site neste endereço:
      http://medicosdermatologistas.com.br

      Atenciosamente Equipe Dermatologia & Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *