Home » Doenças da Pele » Leishmaniose tegumentar americana

Leishmaniose tegumentar americana

leishmaniose-tegumentar-americana-dermatologia-e-saude-350x300A leishmaniose tegumentar é uma doença infecciosa transmitida por um mosquito que causa úlcera na pele

A leishmaniose cutânea é uma doença crônica, não contagiosa, transmitida pela picada da fêmea de um mosquito contaminado pelo parasita, Leishmania. Através da picada ocorre a transmissão deste parasita, que vai se multiplicar e causar uma ou mais feridas na pele. Normalmente, acomete as áreas expostas.

Após 15 dias a 4 semanas da picada, ocorre o aparecimento de um caroço na pele que coça. Esse caroço vira uma ferida, arredondada ou oval, com as bordas elevadas, que se parece com a moldura de um quadro e não dói. Essa ferida mesmo se não tratada tende a desaparecer deixando uma cicatriz no local. A pessoa sem tratamento, após um período de dois anos, pode apresentar feridas nas mucosas, principalmente dentro do nariz.

O diagnóstico da doença é feito através do tipo e localização da ferida, do local onde a pessoa mora ou se ela viajou para algum lugar que seja área de risco para a doença. Podem ser realizados alguns exames na pele, como: raspagem e biópsia da úlcera.

O tratamento é realizado com medicação injetável durante 20 dias ou mais. Qualquer ferida que demore a cicatrizar exige a avaliação de um médico especialista.

Para prevenir a doença devemos:

• Usar repelentes de insetos;
• Evitar exposição no horário de maior atividade dos mosquitos, ao amanhecer e ao entardecer;
• Colocar mosquiteiros e telas nas janelas e portas;
• Limpar quintais e terrenos baldios;
• Dar destino adequado ao lixo doméstico;
• Evitar locais em que se acumulem água parada;
• Cuide bem da saúde de seu cão e cavalo, pois eles também podem estar contaminados.



Dra-Mirela-BorgesDra. Mirela Borges
Médica Dermatologista
CRM-AL 4078 | RQE 1316

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google




Dra. Claudia Lino MoraesDra. Claudia Lino Moraes
Médica Dermatologista
CRM-ES 5058 |  RQE 1824

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *