Tricologia

tricologia-dermatologia-e-saude-01-350x300O que é Tricologia?

Tricologia é a área da dermatologia que estuda a estrutura, a função e os distúrbios dos cabelos e do couro cabeludo.

Quais doenças dos cabelos são estudadas pela Tricologia?

Além das alopécias androgenéticas masculina e feminina (calvície hereditária), da alopécia areata (auto-imune), e dos eflúvios agudos e crônicos (quedas de cabelo pós-parto, durante quimioterapia, por distúrbio nutricional, entre outras), estuda-se também as doenças genéticas das hastes foliculares (dos fios de cabelo) e as alterações provocadas por tratamentos químicos e físicos com fragilidade e quebra dos fios.

Quais são as doenças do couro cabeludo mais comuns?

Dermatite seborreica (caspa), psoríase, micose (infecção por fungo), pediculose (infestação por “piolho”), um importante grupo de doenças chamadas de Alopécias Cicatriciais que incluem Lupus de couro cabeludo, Líquen Plano Pilar, Alopécia Fibrosante Frontal, Alopécia Central Centrífuga, Foliculite Decalvante e Foliculite Dissecante. A Tricologia estuda também as perdas de cabelos neoplásicas como a Alopécia Mucinosa e a Micose Fungóide.

tricologia-dermatologia-e-saude-02-350x300Quais exames são usados para a investigação dos problemas capilares?

Como pode ser visto, a queixa de “queda de cabelos” é muito mais complexa do que se imagina e só um especialista é capaz de diagnosticar e tratar todas essas condições.

Quando a queda ou a rarefação capilar tornam-se significativas no seu dia-a-dia é importante procurar seu médico. Além da história clínica da evolução do problema e do exame minucioso do couro cabeludo, pode ser necessária a realização de exames complementares para auxiliar na definição do diagnóstico e na correta indicação do tratamento.

Atualmente a tricoscopia, exame dermatoscópico do couro cabeludo e dos fios, é de fundamental importância para a investigação e ajuda a realizar o diagnóstico de várias afecções capilares.

Além da tricoscopia, podem ser indicados a realização de um tricograma ou fototricograma e para alguns casos o diagnóstico só será possível com a realização de biópsia para o exame microscópico do couro cabeludo.

O tratamento capilar é direcionado pelo diagnóstico do problema e por isso a avaliação especializada torna-se tão importante.



Dra. Thaís FerrazDra. Thaís Ferraz
Médica Dermatologista
CRM-SP 126039 | RQE 32754

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *