Home » Unhas e Cabelos » Queda de cabelos em mulheres

Queda de cabelos em mulheres

“Doutora, preciso da sua ajuda! Meu cabelo está caindo muito! Já está ficando vazio, acho que vou ficar careca.” Se você se identificou com esse texto, saiba que não está sozinha. Essa é uma queixa muito comum nos consultórios de dermatologia e as mulheres ficam mesmo desesperadas. Afinal, os cabelos são muito importantes para a autoestima feminina!

Queda de cabelo em mulheres

Por que os cabelos caem?

Como tudo o que é vivo, os cabelos nascem, crescem e morrem. Perdemos, em média, 100 fios de cabelos mortos por dia. Isso é normal e faz parte do ciclo de desenvolvimento dos cabelos. A queda de cabelos normal é mais perceptível durante as lavagens.

Diversos motivos podem aumentar a quantidade de cabelos mortos e, consequentemente, a queda de cabelos:

  • Aumento ou diminuição de hormônios, como no período após o parto e durante o uso de anticoncepcionais e outros hormônios (inclusive utilizados para ganhar massa muscular).
  • Falta de nutrientes na alimentação, principalmente ferro, zinco e proteínas. Essa causa é frequente em períodos de dietas restritivas e tratamentos para emagrecer. Mulheres com fluxo menstrual muito intenso, com frequência, têm deficiência de ferro.
  • Doenças crônicas como diabetes mal controlado, problemas de tireoide, lúpus e outras.
  • Doenças agudas graves, após internações ou após cirurgias. Esses eventos representam um grande stress para o organismo.
  • Inflamações no couro cabeludo como dermatite seborreica e psoríase.

Felizmente, na maioria dos casos, a queda de cabelos é temporária. Assim que a causa for esclarecida e corrigida os cabelos voltam a nascer e crescer.

O acompanhamento com um médico dermatologista é muito importante. Ele vai avaliar seu couro cabeludo, o fio do seu cabelo, solicitar os exames de sangue necessários e iniciar um tratamento para abreviar o processo e o seu sofrimento.

Shampoos antiqueda e vitaminas mostradas em propagandas de TV não são suficientes para resolver o problema.



Dra. Juliana PiresDra. Juliana Pires
Médico Dermatologista
CRM-BA 21.882 | RQE 8828

Outros artigos deste colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *