Home » Doenças da Pele » Riscos da isotretinoína no tratamento da acne

Riscos da isotretinoína no tratamento da acne

A isotretinoína é um dos mais eficazes tratamentos da acne, porém tem riscos relevantes, e o tratamento deve ser feito com acompanhamento frequente do dermatologista

O tratamento com isotretinoína produz grande melhora na acne, porém deve ter seguimento rigoroso pelo dermatologista
O tratamento com isotretinoína produz grande melhora na acne, porém deve ter seguimento rigoroso pelo dermatologista

A isotretinoína (cujo nome comercial mais tradicional é Roacutan®*) revolucionou o tratamento da acne. Antes conduziam-se as espinhas com uso de produtos tópicos, muitas vezes irritantes, e antibióticos por longos períodos, o que chegou a ocasionar resistência bacteriana a estas substancias. Com a isotretinoína, o tratamento foi simplificado, e os resultados melhoraram numa magnitude e confiabilidade que não existiam antes. Porém, como em tudo na natureza e no corpo humano, há problemas, e muito sérios, no uso da isotretinoína oral para a acne. É um tratamento muito efetivo e pode ser usado com tranquilidade, desde que seja boa a comunicação entre o dermatologista e o paciente com acne.

O que mais se destaca é o fato de a substância ter se mostrado teratogênica (produz deformações em fetos) em estudos com animais, e, infelizmente, em casos de gravidez inadvertida em mulheres usuárias. É necessário controle rigoroso sobre o uso, dar preferência a outros tratamentos em mulheres sob possibilidade de gravidez. Por isso o medicamento é dispensado somente com receita controlada, e após o paciente assinar termo de conhecimento no qual assume ter sido informado sobre os riscos da substância. Nada mais correto, afinal são efeitos irreversíveis que afetarão a criança por toda a vida. Teratogênese é um dos capítulos mais tristes e impactantes da medicina moderna, haja vista os casos ocorridos com o uso de talidomida. O risco de malformação fetal ocorre somente com a presença da droga no organismo, portanto, por lei, a mulher pode engravidar a partir de 2 meses após suspender a droga.

Quando se usa a isotretinoína, pode ocorrer ressecamento da pele, de lábios , de olhos e nariz, e é importante seguir as recomendações do dermatologista quanto ao uso de produtos para acalmar essas irritações na pele. Em alguns casos, esse ressecamento é muito intenso, e é necessário rever o uso da medicação. Sempre há alternativas.

O protetor solar deve ser usado criteriosamente, a isotretinoína deixa a pele mais sensível à luz solar.

Sempre que for usar algum medicamento, entre em contato com seu médico para avaliar possíveis interações medicamentosas com a isotretinoína.

riscos-isotretinoina-dermatologia-e-saude-350x300-5A substância pode provocar dor muscular em atividades físicas. Embora muitas vezes não seja preciso suspender o tratamento, o dermatologista deve ser comunicado de todo efeito colateral.

Em alguns indivíduos, parece haver sintomas depressivos. Não houve ainda confirmação desta relação da substância com estes sintomas; de qualquer forma é uma alteração geralmente reversível com a interrupção do uso. Pode haver necessidade de avaliação por psiquiatra. Tanto o paciente quanto a família devem ficar atento a sinais de melancolia e emoções parecidas que surjam durante o tratamento.

Como é uma substância que se distribui por todo o organismo, há vários outros efeitos adversos no uso da isotretinoína. É uma excelente droga, renovou os paradigmas de uma das doenças mais comuns da humanidade. Porém, o uso deve ser feito com consciência, coerência e seguimento do médico especialista.

*os autores esclarecem que, além do Roacutan®, o nome mais conhecido da isotretinoína, existem várias outras marcas atualmente no mercado, inclusive genéricos. Os autores não tem qualquer conflito de interesse com estes produtos,e citou-se o nome da marca principal da substância pela familiaridade que os leigos demonstram com o nome do medicamento mais antigo no mercado.

riscos-isotretinoina-dermatologia-e-saude-350x300-6



Dr. Marco Otávio Rocha CoutoDr. Marco Otávio Rocha Couto
Médico Dermatologista
CRM-DF 12.167 | RQE 6137

Outros artigos deste colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google




Dra. Bel TakemotoDra. Bel Takemoto
Médica Dermatologista
CRM-SP 123.860 | RQE 35064

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *