Home » Doenças da Pele » Piolho

Piolho

Quando notar a presença das lêndeas, procurar tratamento rapidamente
Quando notar a presença das lêndeas, procurar tratamento rapidamente

Pediculose (piolho) é uma doença extremamente contagiosa que afeta principalmente o couro cabeludo, mas pode afetar outras partes do corpo

Pediculose é a doença causada pela infestação de piolhos. É muito desagradável, provoca uma coceira intensa no couro cabeludo, passa com facilidade para outras pessoas, principalmente crianças e em ambientes de aglomeração, como escolas e a tendência á reinfecção é grande. Por isso as mães devem estar sempre atentas e examinar o couro cabeludo dos filhos frequentemente. Quando notar a presença das lêndeas, procurar tratamento rapidamente para a criança e toda a família e alertar a escola para que as outras mães sejam avisadas. É transmitida pelo contato direto ou por uso de escovas de cabelo. Existe também a pediculose do corpo, que pode ser adquirida por uso de roupas, contato direto ou até relação sexual.

As lêndeas são os ovos do piolho
As lêndeas são os ovos do piolho

Uma dúvida muito frequente é se podemos pegar piolhos de galinha. Pode haver uma irritação no local, com coceira, mas o ácaro não consegue completar o ciclo dentro da nossa pele, por isso não produz ovos e não se espalha.

As lêndeas são os ovos do piolho. Elas sempre procuram locais mais quentes, por isso devemos procurá-las grudadas nos fios de cabelo, bem perto do couro cabeludo. Após alguns dias os ovos explodem e liberam os piolhos, que andam pelos cabelos, botam mais ovos, se alimentam e assim por diante. Se não tratados, podem ir contaminando outros locais que tem pelo, como cílios, axilas e região dos pelos púbicos.

As lêndeas devem ser retiradas com o auxílio de um pente fino
As lêndeas devem ser retiradas com o auxílio de um pente fino

Tratamento

Antigamente se usava veneno para matar os piolhos, o que é tóxico para a criança. Hoje em dia existem loções e shampoos adequados, seguros para os pequenos pacientes. Os medicamentos são os mesmos utilizados para o tratamento da escabiose (sarna).

Remoção das lêndeas

É muito importante lembrar que os medicamentos não matam as lêndeas, que devem ser retiradas um por uma, com auxilio de um pente fino, o que dá muito trabalho, mas se não for feito, além de não sarar, seu filho continuara infestando os colegas. Uma boa dica é colocar bastante creme ou máscara capilar, cobrir com uma touca de banho e deixar por 1 hora, antes de passar o pente fino, pois facilita muito a retirada das lêndeas.

Pediculose púbica (chato)
Pediculose púbica (chato)

Adultos também podem ter piolho, apesar de ser mais raro, pois as crianças tem muito mais contato próximo umas com as outras. Além disso, os produtos químicos usados por algumas mulheres, como tinturas, o uso frequente de secadores de cabelos e a famosa “chapinha” ajudam a matar os piolhos. Nesta faixa etária, os piolhos podem ser transmitidos por relação sexual e se localizam nos pelos da região pubiana (nome popular: chato).

Mulheres gestantes devem ficar atentas, principalmente com relação ao tratamento para não fazer mal ao bebê.



Dra. Maria Teresa Pereira SoaresDra. Maria Teresa Pereira Soares
Médica Dermatologista
CRM-MG 35902 | RQE 11669

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *