Home » Doenças da Pele » Pele avermelhada: Será que eu tenho rosácea?

Pele avermelhada: Será que eu tenho rosácea?

Se a sua pele é muito sensível, fica avermelhada durante o dia, tem telangiectasias (pequenos vasinhos visíveis) e, às vezes, surgem lesões protuberantes que se parecem com acne há chances de você ter rosácea. A rosácea não tem cura, mas é bem controlada

A rosácea é uma condição inflamatória crônica da pele, muito comum e subdiagnosticada. A pele do rosto é avermelhada principalmente no centro da face (maças do rosto, nariz, testa e queixo) com vasinhos dilatados visíveis. Evolui em surtos, com melhora e piora da vermelhidão durante o dia. Com a progressão, pode evoluir com inflamação e protuberâncias que lembram muito a acne (espinhas). Normalmente uma queixa comum é a pele sensível, ressecada e que coça. Casos mais severos, podem ter aumento do volume do nariz e aumento dos poros (rinofima) e irritação nos olhos (rosácea ocular).

Diferentes estágios da rosácea

Como diferenciar acne da rósacea?

Uma diferença importante é que a pele acneica é oleosa com comedões (cravos). Já a pele com rosácea é muito sensível, ressecada e sem comedões.

Telangiectasias - vasinhos visíveis
Telangiectasias – vasinhos visíveis

Quem tem maior risco de ter rosácea?

  • Mulheres (elas tem três vezes mais chance do que os homens e esses costumam ter a doença mais grave);
  • Idade entre 30-50 anos;
  • Pele clara e olhos claros;
  • História familiar (algum parente próximo que tenha rosácea).

Quais são os fatores de piora?

Vários fatores podem piorar a vermelhidão da pele. É essencial conhecer esses fatores e evitá-los.

  • A exposição ao sol é o fator mais relacionado à piora;
  • Calor (exercícios físicos, sauna e fogão);
  • Tempo frio; bebidas alcoólicas;
  • Bebidas quentes (chá e café);
  • Alimentos picantes;
  • Fatores emocionais como o estresse; alterações hormonais;
  • Uso de determinados cosméticos, ácidos, corticóides e sabonetes abrasivos.

Rosácea tem cura?

Não tem cura!!

O tratamento ajuda a controlar os sintomas da doença. A escolha do melhor tratamento depende do tipo e da gravidade das lesões.

Vermelhidao-importante-erupcoes-parecem-acneQuais os cuidados devo ter no dia a dia?

  • É fundamental utilizar protetor solar diariamente, preferencialmente os filtros físicos que são menos irritantes para a pele do que os químicos;
  • Deve-se ter cuidado com os cosméticos e higienizadores do dia a dia. Utilizar sabonetes com PH neutro, não usar bucha, evitar produtos que contenham álcool e secar o rosto com uma toalha macia;
  • É importante hidratar a pele;
  • Pode-se utilizar algumas maquiagens que ajudam a camuflar a vermelhidão, como os corretivos e bases no tom verde.

Tratamento da rosácea?

  • Tratamentos tópicos que contenham antibacterianos e antiinflamatórios. A brimonidina é uma substância nova no brasil com excelentes resultados no controle temporário do rubor;
  • Tratamentos orais para os casos mais graves, como antibióticos e isotretinoína;
  • Lasers vasculares e luz intensa pulsada para secar os vasinhos e melhorar o rubor;
  • Cirurgia, aplicação de ácidos e dermoabrasão em casos mais severos .


Dra. Ana Andrade CappDra. Ana Andrade Capp
Médica Dermatologista
CRM-DF 14.244 | RQE 10.245

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

5 Comentários

  1. Relacionados: Rinofima: o que é e como eu posso melhorar? - Dermatologia e Saude
  2. Relacionados: A luz intensa pulsada no tratamento da pele - Dermatologia e Saude
  3. Oi ,tenho 24 anos e sou negra ,ha alguns meses apareceram umas espinhas no lado direito do meu rosto ,de inicio não liguei ,pois tenho espinhas e minha pele e bem oleosa ,mais ai foi ficando vermelho e cossando muito ,fui ao dermatologista e ela me falou que e rosácea passou antibiotico ,prosaboneteeumgelmelhoroubastantate, porem vai e volta ,tem dias que ta vermelhão e outros tão mais secos ,e muito incomodo isso pq trabalho em shopping ,nem uso mais maquiagem pq irita, não sei o que faser, queria um remedio que pelo menos diminuisse o inchaço já que não tem cura .

    • Cara Andreia, agradecemos sua mensagem!

      O site Dermatologia & Saúde é uma iniciativa pioneira de educação da população sobre as doenças de pele. Disponibilizamos o nosso conteúdo, que é escrito por médicos dermatologistas, de forma gratuita na internet com este objetivo.

      Para atendimento, por favor, procurar serviços de referência de sua região.

      Você pode pesquisar pelos colunistas deste site neste endereço:
      http://medicosdermatologistas.com.br

      Atenciosamente Equipe Dermatologia & Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *