Home » Estética » Depilação a laser » Pele do adolescente

Pele do adolescente

Na adolescência a nossa pele passa por diversas mudanças. Entenda algumas delas

pele-do-adolescente-dermatologia-e-saude-350x300O que ocorre com a pele do adolescente?

Na adolescência passamos por mudanças hormonais intensas, que modificam todo o nosso corpo e metabolismo. Com as mudanças hormonais surgem alterações na pele, sendo o aumento da oleosidade o efeito mais notado.

Oleosidade e acne

Com o aumento da oleosidade surgem o conjunto das lesões que chamamos de acne: os cravos (comedões) e as espinhas (pústulas).

Além das mudanças hormonais, existem outros fatores que causam a acne, como a predisposição genética (se você tem um pai ou mãe que teve acne na adolescência), stress, e dieta.

Com relação à dieta, hoje em dia sabemos que não é a ingesta de gorduras o principal vilão, mas sim o aumento de açúcares refinados e alimentos que aumentam o índice glicêmico no sangue. O leite também está sendo apontado como um responsável pelo aumento das espinhas, se consumido em excesso. Temos visto também um aumento de acne em adolescentes que estão usando suplementos de academia, como whey e creatina.

Chocolate causa acne?

Não, é mais um mito sobre a pele que está sendo derrubado. O que se deve evitar são os chocolates muito doces, dando preferência para aqueles com alto teor de cacau, do tipo amargo, que também são ricos em polifenóis, substâncias com poder antinflamatório.

Deve-se fazer limpeza de pele com esteticistas?

A limpeza de pele é benéfica, mas somente se for feita por uma profissional bem treinada e em conjunto com o tratamento receitado pelo dermatologista. Limpeza de pele, como tratamento único, não deve ser realizada, pois a manipulação das lesões pode piorar a acne. Da mesma forma, você não deve espremer as lesões em casa, a inflamação pode piorar e marcar a sua pele com uma cicatriz.

Existem outros tratamentos que podem ser feitos em conjunto com o tratamento básico, como os peelings (descamações da pele) e até sessões de laser. Estes tratamentos podem ou não ser necessários e benéficos, e só um médico tem capacidade de tomar essa decisão.

Excesso de pelos – Hirsutismo

Com a adolescência também podem surgir pelos em excesso na face e corpo das meninas. É importante notar que nem todo o excesso de pelos significa que existe uma alteração hormonal, podendo ser um padrão comum na sua família (existem pessoas com mais pelos que outras, até por questões raciais). O dermatologista vai analisar outros sinais e sintomas, como acne associada e irregularidades na menstruação, além de pedir alguns exames laboratoriais para chegar a um diagnóstico correto, e tratar a causa. A depilação a laser nesses casos também pode ser utilizada.

Estrias e celulite

No corpo, podem surgir estrias, que surgem quando a pele “estica” rapidamente, como no crescimento, ou quando a pessoa ganha peso ou medidas. No início são vermelhas, e se tornam brancas com o passar do tempo. Existem diversos tratamentos para elas atualmente, e quanto mais cedo forem iniciados, maior a chance de um bom resultado.

A celulite também tem causas genéticas e hormonais, e piora com o sedentarismo. Algumas vezes piora na fase pré-menstrual, com a retenção de líquidos. Nesse caso a drenagem linfática está indicada. Os cremes para celulite causam pouca melhora, mas existem alguns aparelhos que podem ser indicados para o seu caso, com boa melhora. Atividade física também é essencial.



Dra. Maria Silvia Kós CanettiDra. Maria Silvia Kós Canetti
Médica Dermatologista
CRM-SP 86469 | RQE 26.254

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *