Home » Doenças da Pele » Líquen plano

Líquen plano

liquen-plano-dermatologia-e-saude-medicos-dermatologistasO líquen plano é uma doença não contagiosa que pode acometer a pele, mucosa oral e genital, couro cabeludo e unhas.

Seu tratamento adequado e precoce é importante para evitar cicatrizes no couro cabeludo, perda das unhas e manchas na pele

O líquen plano é uma doença não contagiosa que pode se manifestar como lesões isoladas ou disseminadas na pele, mucosa oral, genital, couro cabeludo e unhas. É mais comum na idade adulta e pode acometer homens e mulheres – sendo o líquen plano oral mais comum nas mulheres.

As causas do líquen plano permanecem incertas. Sabe-se que algumas medicações podem causar lesões parecidas com o líquen plano. Além disso, parece haver ligação entre o líquen plano e infecção pelo vírus da hepatite C.

Manifestações Clínicas

Os sinais e sintomas podem variar de acordo com a localização das lesões:

  • Pele: pápulas brilhantes, firmes, avermelhadas ou violáceas, eventualmente pruriginosas, localizadas mais comumente nos punhos, dorso inferior e tornozelos, porém podem aparecer em qualquer localização, incluindo os genitais. Nas pernas, as lesões podem ser mais escuras. Podem apresentar algumas linhas brancas na superfície, chamadas estrias de Wickham. Na maioria dos casos as lesões são isoladas, porém também podem se manifestar como múltiplas leões, disseminadas.
  • Mucosa oral (líquen plano oral): placas ou pequenos pontos brancos, vermelhidão, inchaço, descamação nas bochechas, podendo apresentar dor ou queimação. É mais comum nas bochechas, podendo também acometer a língua, lábios e gengivas.
  • Unhas (líquen plano ungueal): podem ficar mais finas, com estrias, rachaduras, ocasionalmente levando a perda total da lâmina ungueal.
  • Couro cabeludo (líquen plano pilar): incomum, manifestando-se com vermelhidão, pequenas pápulas, áreas de alopecia (perda dos fios) ou fios mais finos e cicatrizes.

O médico dermatologista faz o diagnóstico através da avaliação clínica da pele, unhas e boca. Para confirmação, eventualmente pode ser realizada uma biópsia.

Liquen-Plano-Dermatologia-e-Saude

Tratamento

Não há cura para o líquen plano e geralmente pode ocorrer melhora espontânea. O tratamento traz conforto ao paciente e acelera a recuperação.

Podem ser utilizados anti-histamínicos, corticosteróides tópicos ou orais, fototerapia ou imunomoduladores tópicos.

Algumas medidas podem ajudar na recuperação, como manejar o estresse, não escoriar as lesões e hidratar a pele.

O líquen plano oral pode aumentar o risco de câncer no local. Portanto é importante adotar algumas medidas para reduzir este risco:

  • Cessar o tabagismo e a ingestão de álcool;
  • Uso do fio dental e escovação regular;
  • Consultas frequentes com o médico dermatologista para avaliar lesões orais;
  • Diminuir o consumo de comidas e bebidas que podem piorar o líquen plano oral, como comidas apimentadas, frutas cítricas, tomate, comidas crocantes e salgadas, e bebidas que contenham cafeína (como café, chá preto e refrigerantes a base de cola).

Se o líquen plano estiver localizado nas unhas ou no couro cabeludo, deve-se procurar um médico dermatologista com urgência, já que as lesões podem se tornar cicatriciais e consequentemente não haver mais crescimento de cabelo ou unha no local acometido.

Na pele, as lesões frequentemente deixam manchas acastanhadas, que podem melhorar espontaneamente. Caso isso não aconteça, o médico dermatologista poderá lhe indicar o melhorar tratamento para elas.



Dra. Miriam Carolina Perini PopoaskiDra. Miriam Carolina Perini Popoaski
Médica Dermatologista
CRM-SC 12201 | RQE 10931

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

9 Comentários

  1. Relacionados: Micose da unha - Dermatologia e Saude
  2. Relacionados: Unhas frágeis - Dermatologia e Saude
  3. Olá boa tarde, eu tenho líquen plano, a primeira vez foi em2010,andei a tratar me no hospital Santos Silva v n de Gaia,,, já tava toda inchada de tanta coceira, andei a deitar vários cremes e nada fez passar. Só descobriram, porque. Me tiraram um pouco para fazer uma biopsia, então andei umas poucas de seções a entrar numa máquina tipo cilindro que tinha umas resistências vermelhas toda à volta. Sai de lá toda curadinha, agora cerca de dois meses voltou aparece, já foi ao médico de família, também ao mesmo hospital e não tou a ser tratada por nenhum. O que me aconselham? Obrigado

  4. Bom dia segundo a Dr do H capuchos diz que eu ploblema é liquem plan. Muitas bernulhas miudinhas no corpo todo e muita comichào estou a uzar o locoide crelo e o capilar. Mas nao rezolve.

  5. Prezado Senhores
    Penso que estou com o problema acima referido, ou seja liquen plano.
    Já consultei inúmeros médicos, ditos, “dermatologistas”, no entanto todos diziam que eu não tinha nada.
    Como eu sei que, para os dermatologistas aqui do interior ganham muito, pela pouca concorrência, não se preocupam em estudar e pesquisar, não me contentei com as respostas, e me lancei à procura,pois sei o que sinto.
    Nodia24/04/2017, procurei um oncologista, jovem, porém, capacitado levantou que, embora não fosse sua área, o problema tratava-se de líquen.
    E que eu procurasse um dermatologista competente.
    E hoje procurando mais informação cheguei em suas laboriosas e preciosas informações.
    Caso para efeito de pesquisa os Senhores precisem de mais informações e tratamentos a respeito de meu problema estou à disposição.

  6. Oi Boa noite.
    Gostaria de saber.
    Minha mãe tem líquen na parte de dentro da boca tipo bochechas e céu da Boca.
    Estou grávida.
    Sei que n é contagiosa.
    Mas pro recém nascido tem algum problema?? Tem algum risco.
    Desde já agradeço atenção.

  7. Minha filha foi diagnosticada com essa doença, mas o médico dela não tem dado muita atenção ,moro em uma cidade pequena em Macapá no Amapá e dependo do sistema público, quero buscar de todas formas sua cura ou melhora pois a cada dia tá piorando e ela é uma adolescente e precisa viver da melhor maneira possível. Preciso de ajuda onde posso encontra um tratamento adequado pra ela próximo ao meu estado?

  8. Apareceu no couro cabeludo a cerca de dois anos, consultei com vários médicos dermatologista estou ficando carec

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *