Home » Estética » Melhorando o contorno inferior do rosto com toxina botulínica

Melhorando o contorno inferior do rosto com toxina botulínica

Existe uma maneira não cirúrgica de melhorar aquela “queda” do rosto e aliviar as incômodas rugas horizontais do pescoço utilizando um procedimento de resultados rápidos, recuperação mínima e poucos efeitos colaterais. É o que chamamos de lifting de Nefertite. Mas o que faz o lifting de Nefertite?

Contorno inferior do rosto

  • Usado para redefinir o contorno inferior da face
  • Promove efeito mini-lifting
  • Melhora as rugas horizontais do pescoço
  • Eleva os cantos da boca
  • Minimamente invasivo.

Consagrada no mundo todo e com uso cada dia mais frequente, a toxina botulínica já se tornou conhecida como um dos recursos mais marcantes na melhora e prevenção dos sinais do envelhecimento. Agindo para relaxar a musculatura e assim apagando as rugas de movimento, a toxina “refresca a aparência” e atrasa a formação das marcas de expressão, deixando o rosto jovem por muito mais tempo.

A aplicação mais conhecida da toxina é para aliviar as rugas em volta dos olhos, rugas da fronte (testa) e naquelas marcas entre as sobrancelhas que dão o ar de “brabeza” ou preocupação. Existem, porém, muitos outros usos pouco conhecidos para esse produto (e até mesmo desconhecidos), e entre eles está o lifting de Nefertite, que nada mais é do que a aplicação da toxina botulínica nos músculos do pescoço.

Quando aplicada com essa intenção, a toxina melhora o contorno inferior do rosto e as rugas horizontais do pescoço. Isso acontece porque um músculo chamado platisma traciona o rosto para baixo, e além disso também age favorecendo o aparecimento das rugas horizontais. Para que se consiga esse efeito a toxina é aplicada, através de injeções, nas chamadas bandas platismais (aqueles cordões que aparecem quando se contrai o
pescoço forçando os cantos da boca para baixo). Esse músculo é então relaxado pela ação da toxina, “soltando” o contorno do rosto, que sobe, e abandonando o ar de “caído”.

Toxina Botulinica

Consequentemente, as rugas que se formam pela sua contração também desaparecem. O efeito da toxina botulínica aparece rapidamente (em cerca de 3 a 7 dias) e dura uma média de 4 meses.

Os efeitos colaterais podem não acontecer e quando acontecem são discretos e temporários:

  • Hematomas
  • Dor local
  • Desconforto durante a aplicação (que pode ser amenizado com uso de anestésicos tópicos).

 

Esclareça com seu dermatologista se esse procedimento é indicado para você. É preciso conhecimento e treinamento adequado para que os resultados sejam visíveis. Não se exponha a profissionais sem formação adequada e conhecimento profundo da técnica. Só assim você ficará satisfeito e seguro.



Dra-Marta-Izabel-Cerutti-AlbeDra. Marta Izabel Cerutti
Médica Dermatologista
CRM-RS 14708| RQE 12477

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *