Home » Estética » Laserlipólise: Seguro e eficaz

Laserlipólise: Seguro e eficaz

laserlipolise-dermatologia-e-saude-350x300Laserlipólise é uma nova opção para remover a gordura indesejada de forma minimamente invasiva e eficaz

Através de um pequeno orifício na pele o médico insere uma fina haste de fibra óptica diretamente na gordura. Enquanto o laser derrete a gordura também provoca um estímulo para a produção de colágeno na região tratada o que previne a flacidez no local.

Na laserlipólise a gordura não é aspirada como na lipo convencional, e sim derretida. A gordura líquida pode ser absorvida e eliminada pelo organismo, ou drenada na hora pelo orifício da pele.

O tratamento de pequenas áreas utiliza baixa dose de anestésico local, podendo ser realizado no consultório dermatológico e o paciente volta para a casa logo após o procedimento. Para área mais extensas o procedimento deve ser feito em centro cirúrgico.

Quais áreas podem ser tratadas?

Qualquer área de gordura localizada pode ser tratada. As regiões mais comuns são: abdome, pescoço, parte interna dos braços, culotes, dorso e flancos (cintura).

Quem pode se beneficiar com o tratamento?

Pacientes com áreas de gordura localizada que não melhoram com atividade física e dieta. Entretanto, o seu médico é a pessoa mais qualificada para responder essa pergunta.

Quais são os benefícios do tratamento?

  • Resultados rapidamente visíveis.
  • Sem anestesia geral ou sedação.
  • Formação mínima de hematoma.
  • Rápido retorno as atividades habituais.
  • Evita a flacidez da pele que pode ocorrer após a remoção da gordura.

Quantas sessões são necessárias?

Normalmente o tratamento de cada região corporal é realizado em uma única sessão.

O que esperar depois do tratamento?

Os resultados são visíveis rapidamente após o tratamento e continuam melhorando após alguns meses. É necessário usar faixas de compressão (cinta) por alguns dias. Drenagem linfática também pode ser indicada pelo seu médico. Atividades físicas leves normalmente são liberadas após uma semana, e as mais intensas após duas semanas.



Dra. Patrícia PaturleDra. Patrícia Paturle
Médica Dermatologista
CRM-MG 34274 | RQE 23480

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *