Home » Dicas » Tinturas para cabelos

Tinturas para cabelos

As tinturas capilares surgiram no século passado e se tornaram altamente populares entre as mulheres do mundo todo, especialmente as brasileiras. Saiba de algumas diferenças entre elas

Como as tinturas surgiram no mundo?

Em 1925 a L’oreal criou a descoloração dos fios, através de um pó descolorante permitindo que as mulheres morenas tornassem louras, o que foi uma grande revolução para a época. O cinema logo adotaria a moda da loura platinada, liderada pela grande atriz Jean Harlow.

tinturas-para-cabelos-dermatologia-e-saude-5

Em 1950, ocorreu uma nova revolução nas tinturas, com a era Technicolor nos cinemas. Com as cores nas telas, surgiu uma demanda por novas cores de cabelos. A Wella, então, criou a tintura Koleston, primeiro creme colorante do mundo, que foi um grande sucesso de vendas.

tinturas-para-cabelos-dermatologia-e-saude-6

Atualmente, o mercado de produtos capilares mundial é enorme e poderoso, maior até do que os cosméticos faciais e perfumes, e as brasileiras são as maiores consumidoras do mundo. As brasileiras adoram os seus cabelos, e adoram novidades e mudanças. Metade delas não sai de casa sem arrumar seus cabelos, acordando inclusive mais cedo para isso.

As tinturas são grande parte da rotina dos cuidados capilares

Na hora de colorir os seus cabelos, é essencial o conhecimento do produto que está sendo aplicado, e se é compatível ou não com outros tratamentos que você deseja fazer. Se existir a incompatibilidade pode haver acidentes, como a quebra dos fios.

Hoje em dia há grande variedade nas cores das tinturas
As tinturas evoluíram bastante para atender a demanda por novas cores e estilos

As tinturas podem ser:

  • Temporárias ou graduais;
  • Semipermanente, permanente ou descoloração.

Tintura Gradual: A tintura gradual é aquela que vem geralmente em líquido, e é aplicada todos os dias, até atingir uma coloração desejada. A cor final é variável, e não é compatível com outras colorações. Se mais tarde aquele cabelo for tingido com outro tipo de tintura vai sofrer quebra. É um tipo de coloração caseira usado principalmente por homens.

Tintura semipermanente ou tonalizante: Não causa danos aos cabelos, pois não penetra na haste, apenas a cobre por fora. Não contém amônia. É indicada para quem tem até 30% de fios brancos, e não é possível clarear os cabelos. Ela escurece os fios até três tons. Dura oito lavagens. Deve-se escolher a cor do corante um tom mais claro que o cabelo natural.

Tintura permanente: tem amônia, em maior ou menor grau. Essa amônia abre as cutículas dos fios, depositando o pigmento dentro da haste, não sendo removido pelas lavagens. Uma vez abertas as cutículas, elas nunca se fecham totalmente, o que deixa os cabelos um pouco mais frágeis e porosos. Isso é mais intenso quando há a descoloração dos fios.Por isso, as tinturas permanentes são mais agressivas para os cabelos, podendo danificá-los um pouco.

Grávida pode pintar os cabelos?

Não existem estudos que provem a segurança das tinturas permanentes na gravidez. Alguns médicos liberam o uso das tinturas semipermanente ou tonalizantes, mas é melhor pedir a autorização do seu obstetra antes de colorir os cabelos.



Dra. Maria Silvia Kós CanettiDra. Maria Silvia Kós Canetti
Médica Dermatologista
CRM-SP 86469 | RQE 26.254

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *