Home » Dicas » Roer unhas

Roer unhas

roer-unhas-dermatologia-e-saude-350x300-1

Dicas para parar de roer as unhas

Roer unhas é um hábito considerado normal entre crianças, mas em adultos é um problema que pode estar relacionado com ansiedade, depressão e outros distúrbios psicológicos. Além disso, torna as unhas feias, incomoda e gera angústia naqueles que sofrem com isso. Separei algumas dicas e orientações que costumo passar para os meus pacientes. Espero que gostem!

1) O mais importante é uma mudança de atitude. Pergunte-se: você quer parar de roer as unhas? Esse hábito está tendo um impacto na sua vida? Suas unhas estão feias, machucadas, contaminadas com as bactérias da boca? Isso atrapalha você profissionalmente? Socialmente? Quer mudar? Caso tenha respondido sim a todas ou à maioria dessas perguntas, você acaba de admitir que tem um problema. Parabéns! O primeiro passo foi dado!

2) Motive-se! Conte às pessoas que está tentando parar de roer as unhas, discuta isso com amigos, colegas e familiares ou com alguém que confie. Se achar que isso faz sentido para você, procure ajuda especializada e faça uma terapia. Visualize-se sem o problema e acredite no que vou dizer: assim que parar de roer suas unhas, elas irão se recuperar em 6 meses!!!! Nada está perdido!

3) Marque um dia para iniciar o processo de parar de roer as unhas e, de preferência, uma data em que você já deve ter parado com isso. Faça um plano, tenha metas. Isso ajuda muito.

4) O método mais usado, sem dúvida, é o uso de esmaltes com gosto amargo. Uma alternativa a isso é o uso de pimenta. Esse truque é só para te lembrar de que não deve roer as unhas, mas ele vai tornar amargo tudo o que você for comer com as mãos, como pipoca, por exemplo.

5) Use curativos oclusivos durante todo o dia em todas as unhas das mãos. Isso vai impedir você de roer as suas unhas e vai lembrá-lo de que você tem um problema que está tentando superar. Se isso começar a machucar ou der alergia, você pode usar um tipo diferente de curativo ou remover os curativos à noite, na hora de dormir.

6) Outra opção é você escolher uma ou duas unhas para “proteger” com os curativos. Tanto no caso da dica 5 quanto da dica 6 a idéia é você remover os curativos após 15 a 21 dias e notar como as unhas que você não roeu estão mais bonitas! Aí está a sua motivação e a prova de que não roer as unhas funciona para recuperar a aparência delas! Se isso tiver resultado, para você agora você já pode escolher novas unhas para proteger, até que todas tenham se recuperado!

7) Faça as mãos. Sendo homem ou mulher e, independente da sua orientação sexual, essa dica funciona muito. A manicure vai remover o excesso de peles, vai lixar as unhas, tornando-as mais bem cuidadas e uniformes. É muito importante que não seja você a fazer as suas próprias mãos. Não é incomum que pessoas que roem as unhas passem a cutucá-las com lixas e alicates, levando a lesões ainda mais sérias das unhas!!!!

8) Deixe as mãos ocupadas: arrume um hobby tipo origami, algum trabalho manual, culinária etc. Para quem tem dons artísticos: pintura, modelagem em argila, gesso, fotografia. Qualquer coisa que ocupe as mãos e a mente serve! Use sua criatividade!!!

9) Mantenha a boca ocupada: bala, chicletes são os preferidos e logo são lembrados quando falamos sobre roer as unhas, mas que tal você aproveitar que está largando um vício e já de carona adquirir um hábito saudável? Uma boa solução é beber água sempre que pensar nas suas unhas. Carregue uma garrafinha com você!

10) Não menospreze as dicas por já não terem surtido efeito em você no passado. Agora vai ser diferente! E se realmente não conseguir sozinho: peça ajuda profissional!



Dra-Tatiana-Villas-Boas-GabbiDra. Tatiana Villas Boas Gabbi
Médica Dermatologista
CRM-SP 104415 | RQE 31137

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *