Home » Dicas » Queimaduras em crianças

Queimaduras em crianças

queimaduras-em-criancas-dermatologia-e-saude-350x300No Brasil as queimaduras representam a quarta causa de morte e hospitalização por acidente, de crianças e adolescentes de até 14 anos. A maioria das queimaduras ocorre na cozinha e na presença de um adulto

Cozinha não é lugar de criança, ela é o local de maior risco para queimaduras.

Como prevenir estes acidentes?

  • Não deixe as crianças sozinhas na cozinha e, nem permita que elas mexam no fogão e no forno;
  • Use as bocas de trás do fogão;
  • Os cabos das panelas devem ficar virados para a parte de trás no fogão;
  • Panelas com fundo amassado e fogões que balançam também apresentam riscos;
  • Cuidado com a porta do forno, crianças que estão aprendendo a andar podem apoiar as mãos na parte de fora;
  • Cuidado com toalhas de pontas compridas, elas podem ser puxadas e o alimento quente da mesa pode cair sobre a criança;
  • Deixe as comidas e bebidas quentes longe da borda da mesa;
  • Antes de oferecer alimentos teste a temperatura. Não use o microondas para aquecer a mamadeira;
  • Não segure e nem tome bebidas quentes com seu filho no colo;
  • Cuidado com churrasqueiras. Se tiver lareira use tela de proteção;
  • Na hora do banho cuidado com a temperatura da água;
  • Cuidado com banhos de chuveirinho, a temperatura da água pode oscilar;
  • Mantenha ferro de passar roupa, chapinha, velas e aquecedores longe do alcance das crianças;
  • Esconda os fósforos e isqueiros;
  • Cuidado com garrafas de álcool;
  • Todos os produtos de limpeza e higiene devem ser armazenados fora do alcance das crianças;
  • Muito cuidado com soda caustica, a ingestão desta substancia continua sendo a maior causa de queimadura química em crianças;
  • Deixe pilhas, baterias de relógio e equipamentos eletrônicos fora do alcance das crianças, elas representam perigo por possuir conteúdo corrosivo;
  • Use protetores apropriados para as tomadas elétricas. Deixe os fios elétricos fora do alcance delas;
  • Oriente os adolescentes o cuidado com fios de alta tensão ao empinar pipas;
  • Verifique a temperatura da cadeirinha se o seu carro ficou estacionado no sol;
  • Verifique com sua mão a temperatura dos brinquedos do parquinho, especialmente escorregadores;
  • Mantenha a criança longe das fogueiras;
  • Cuidado com fogos de artifício próximos as crianças;
  • Cuidado com o sol ele também pode causar graves queimaduras nas crianças (fotoproteção na criança);
  • Procure orientá-los sobre os perigos das queimaduras, ensinando-os algumas atitudes de prevenção.

Quando se deve buscar atendimento médico imediato?

Não e necessário levar a criança ao hospital se for uma queimadura leve e pequena, sem a formação de bolhas.

  • Se a queimadura é no rosto, nas mãos, articulações ou órgãos genitais;
  • Se a área queimada é grande, mesmo que a queimadura não pareça grave, ou sempre que a queimadura parecer cobrir mais de 15 a 20% do corpo;
  • Se a queimadura for considerada de segundo e terceiro grau (aparecimento de bolhas);
  • Se for resultado de fogo, choque elétrico ou substancia química;
  • Se a queimadura parece estar infectada (inchada, com pus ou roxa).

Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria



Dra-Mirela-BorgesDra. Mirela Borges
Médica Dermatologista
CRM-AL 4078 | RQE 1316

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *