Home » Dicas » Pequenos procedimentos, grandes resultados

Pequenos procedimentos, grandes resultados

Pequenos procedimentos estéticos com grandes resultados

Apesar do conceito de beleza ser carregado de subjetividade, daí a famosa expressão “gosto não se discute”, o “padrão ideal” de beleza sofre uma grande influência com os costumes e cultura de cada época. Dessa forma, o nosso subconsciente do “o que é belo” mudou muito ao longo do tempo.

Hoje há uma grande procura pelos pequenos procedimentos estéticos que valorizam a beleza natural sem exageros. Por isso, a realização de intervenções pontuais, no lugar das alterações radicais, tem ganhado cada vez mais força.
Os procedimentos não devem necessariamente apagar todas as rugas e linhas de expressão. O ideal pode ser apenas suavizar as marcas do envelhecimento mantendo a expressão suave e descansada.

 

  • Toxina Botulínica

Porque sim:
Trata das linhas de expressão (rugas do movimento) e previnem que elas marquem a pele.

O que evitar:
Arquear em excesso a sobrancelha deixando com “cara de espanto”.
Deixar as sobrancelhas baixas pesando a abertura das pálpebras.
Travar o movimento do terço médio e inferior da face deixando as bochechas salientes e modificando o sorriso.
Materiais falsificados – cuidado!

  • Preenchimento com ácido hialurônico

Porque sim:
Recupera o volume que é naturalmente perdido com o envelhecimento, que deixa o rosto “murcho”, com aspecto cansado e olheiras profundas.
Suaviza as rugas e os sulcos profundos da pele.
Restaura o contorno facial de forma tridimensional.

O que evitar:
Excesso de volume em uma região, como por exemplo nas bochechas e lábios. A região tratada não deve se destacar das demais.
Tentar transformar o formato natural do rosto.
Uso de materiais de baixa qualidade ou definitivos, que podem trazer danos futuros para a saúde e estética.

  • Ácido polilático (Sculptra)

Porque sim:
Recupera o tônus da pele, deixando-a mais firme.
Previne o avanço da flacidez.

O que evitar:
Aplicação com diluições inadequadas, ou muito superficiais, que podem deixar “carocinhos” na pele.

  • Fios absorvíveis de sustentação (Sutura Silhouette ou Filbloc)

Porque sim:
Recupera o contorno da face e do pescoço pela melhora da flacidez e pelo efeito lifting suave (de sustentação) da pele.

O que evitar:
Tracionar os fios de forma excessiva, deixando a pele pregueada por muitos meses.
Tratar a flacidez excessiva, porque os resultados serão decepcionantes.

  • Laser e peelings

Porque sim:
Melhora a textura e contrai os poros da pele deixando-amais viçosa.
Clareamento de manchas.
Suavização das rugas.

O que evitar:
Profissionais inexperientes, e aparelhos de baixa qualidade (ou manutenção inadequada) que aumentam o risco de queimaduras na pele.

Seja a melhor versão de você mesma! Procure um profissional experiente e valorize o que você tem de melhor.

 



Dra. Patrícia PaturleDra. Patrícia Paturle
Médica Dermatologista
CRM-MG 34274 | RQE 23480

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *