Home » Câncer de Pele » Fotoproteção

Fotoproteção

Fotoproteção

Fotoproteção é um conjunto de medidas usadas para diminuir a exposição solar e prevenir o dano do sol, como câncer e envelhecimento

O que é Fotoproteção?

Fotoproteção são todos os fatores que interferem na transmissão da radiação do sol à pele humana como: os fotoprotetores naturais existentes na atmosfera (camada de ozônio, poluição, nuvens) e na pele (melanina), os físicos (como roupas e óculos escuros) e os filtros presentes nos protetores solares.

Por que a Fotoproteção é tão importante?

Porque a exposição continua ao sol predispõe o câncer de pele (carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma) e envelhecimento cutâneo e quando a exposição for intensa pode acarretar queimaduras com a formação de bolhas e insolação.

Como se proteger?

Através do uso de roupas, chapéus, sombrinhas e de protetor solar.

O que são os protetores solar?

São cremes, loções ou géis que quando aplicados sobre a pele diminuem as agressões que os raios solares determinam, protegendo as pele do sol.

Qual o fator de proteção solar que deve ser usado (FPS)?

Dependendo da cor da sua pele você vai escolher o fator de proteção, se você tem a pele morena que queima pouco no sol pode usar um protetor com FPS 15, mas se você tiver a pele clara, olhos claros, cabelos ruivos ou sardas vai precisar de um fator no mínimo de 30.

Um protetor com fator 30 protege da mesma forma que o de fator 60?

Teoricamente a diferença seria muito pequena, como mostram os estudos, mas na pratica há diferença sim, pois a quantidade que a gente aplica na pratica e muito menor que nos estudos, fazendo que a proteção seja melhor com o fator 60.

Como o protetor solar deve ser usado?

  • Aplique em todas as áreas expostas 15 minutos antes da exposição solar;
  • Reaplique a cada 2 horas se houver sudorese intensa ou banhos de mar ou piscina, no dia a dia reaplique a cada 3 a 4 horas;
  • Usar o protetor mesmo em dias nublados, pois as nuvens não bloqueiam toda a radiação do sol;
  • Não esquecer a proteção dos lábios com protetores labiais e dos olhos com óculos;
  • Mesmo usando o protetor evite a exposição das 10 as 14 horas, pois a radiação do sol e mais intensa;
  • Dez minutos de exposição solar diária é suficiente para metabolizar a Vitamina D;
  • A fotoproteção na criança deve ser ainda mais rigorosa, crianças acima de 6 meses já podem usar protetor, mas específicos para esta idade.

 

Bibliografia: Consenso Brasileiro de Fotoproteção da Sociedade Brasileira de Dermatologia, 2014.



Dra-Mirela-BorgesDra. Mirela Borges
Médica Dermatologista
CRM-AL 4078 | RQE 1316

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

7 Comentários

  1. Relacionados: Sol: o segredo é saber usar ! - Dermatologia e Saude
  2. Relacionados: Erupção Polimorfa Solar - Dermatologia e Saude

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *