Home » Dicas » Dicas para cuidar das orelhas recém furadas

Dicas para cuidar das orelhas recém furadas

dicas-para-cuidar-das-orelhas-recem-furadas-dermatologia-e-saude-1Se você acabou de furar as suas orelhas, aqui vão algumas dicas de como cuidar dos furinhos:

  1. Sempre lave as suas mãos antes de tocar nas orelhas;
  2. Lave as suas orelhas com água e sabonete neutro com regularidade, para evitar infecções, duas a três vezes ao dia;
  3. Colocar álcool nos furinhos ajuda ou atrapalha? Atrapalha, pois colocar álcool repetidamente em uma ferida pode irritá-la. Não deve ser aplicado;
  4. Deve-se rodar ou não os brincos, para evitar que “grudem” nas orelhas? Não é necessário e pode ser prejudicial nessa fase de cicatrização. Esse hábito começou antigamente, por volta de 1950, quando a qualidade do material utilizado para confeccionar os brincos não era boa, e rodar os brincos evitava que o brinco acabasse preso no furo. Hoje em dia, os metais usados, como titânio, ouro, platina e certos tipos de vidro são biocompatíveis e não aderem à pele;
  5. Deixe os brincos que furaram as suas orelhas por 6 semanas ou mais. Tirá-los precocemente pode levar a um fechamento dos furinhos;
  6. Fique atento para os sinais de infecção, como dor, inchaço, ou saída de secreção purulenta. Nesses casos, não esprema os lóbulos das orelhas, pois pode agravar a infecção, e procure um médico dermatologista.


Dra. Maria Silvia Kós CanettiDra. Maria Silvia Kós Canetti
Médica Dermatologista
CRM-SP 86469 | RQE 26.254

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *