Home » Dicas » Dicas de unhas » Tenho psoríase na unha. E agora?

Tenho psoríase na unha. E agora?

A psoríase uma doença inflamatória, onde encontramos histórico familiar em 30 a 40% dos casos. Pode afetar a pele, o couro cabeludo, as articulações e as unhas. Pode afetar uma ou várias unhas, e provoca uma alteração na forma e na textura (distrofia), causando irregularidades, esbranquiçamento e descolamento das pontas , que ficam quebradiças.

Psoríase na unha
A seta aponta para o local onde é produzida a unha, chamada matriz ungueal, que fica embaixo da pele deste local
Na ilustração a unha é normal, sem psoríase.

Entenda o que pode acontecer

  • Depois algum tempo com psoríase aparece a alteração na unha
  • Primeiro, surge a lesão na unha e depois na pele
  • Só aparece lesão na pele
  • Só aparece lesão na unha.

Esta é a situação que pode ser confundida com micose da unha. Portanto precisamos estar atentos e sempre observar as unhas de quem tem psoríase. As alterações nas unhas ocorrem pelo processo inflamatório na matriz ungueal, onde a unha é fabricada.

A seta aponta para o local onde é produzida a unha, chamada matriz ungueal, que fica embaixo da pele deste local. Na ilustração a unha é normal, sem psoríase. A inflamação neste local faz com que ela seja produzida com defeito e vai crescer alterada. É importante procurar o médico especialista para confirmação do diagnóstico e para diferenciar do líquen plano ungueal e da micose da unha, que também causam alteração na forma e cor da unha.

Tome cuidado redobrado, pois a unha com psoríase é mais frágil e tem mais facilidade para se contaminar com fungos, podendo ficar então com psoríase e micose. Como toda doença crônica, existe controle, mas não cura. A boa notícia é que a psoríase, tanto da pele quanto das unhas, não é contagiosa.

Existe tratamento especializado, como:

  • Aplicação de pomadas
  • Afinamento da unha para facilitar a penetração das pomadas
  • Esmaltes terapêuticos
  • Infiltrações (injeções na base da unha)
  • Medicação oral ou injetável específica para psoríase, como o methotrexate e os biológicos
  • Fototerapia

A indicação do tipo de tratamento vai depender da quantidade de unhas afetadas, se existe comprometimento das articulações, se a pele também está afetada e do estado geral da sua saúde. A psoríase é uma doença do organismo como um todo. Alguns fatores pioram a condição, como tabagismo, bebidas alcoólicas em excesso, obesidade, colesterol e triglicérides elevados no sangue, diabetes.

O tratamento tem maior possibilidade de sucesso se você se dedicar a controlar esses fatores, junto com o tratamento específico.

Psoríase na unha
Psoríase afetando e pele e as unhas das mãos


Dra. Maria Teresa Pereira SoaresDra. Maria Teresa Pereira Soares
Médica Dermatologista
CRM-MG 35902 | RQE 11669

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *