Home » Dicas » Dicas de cabelos » O que é alopécia de tração?

O que é alopécia de tração?

Alopécia de tração é a perda de cabelo causada pela força exercida sobre os fios. É caracterizada pela perda gradual dos cabelos nas áreas em que os folículos são danificados por tensão repetida e prolongada na raiz, ou seja, por puxar os fios com muita frequência.

Alopécia de tração
Observem a tração que se faz na raiz dos cabelos, com exposição do couro cabeludo, para fazer essas tranças.

Quando a tração é prolongada pode provocar perda permanente e irreversível. É mais comum na linha da frente e nas laterais do couro cabeludo, áreas onde os fios são mais puxados por alisamentos e penteados.

Quais são as causas da alopecia de tração?

  • Tricotilomania, que é a compulsão por puxar e arrancar os cabelos
  • Uso de extensões e apliques (megahair, dreadlocks, tranças africanas)
  • Tração crônica por escovas alisantes e chapinhas
  • Tração por penteados apertados como coques e rabos
  • Ocupacional: algumas profissões demandam o uso de chapéus, capacetes e grampos que podem levar à perda dos fios nos pontos de fixação destes. Era o caso das enfermeiras de antigamente, que tinham de usar um pequeno chapéu preso por grampos no topo da cabeça
  • Religioso/cultural: homens da religião Sikhs que enrolam os longos cabelos em turbantes, ou penteados com muitos adereços, como das Gueixas japonesas.
Alopécia de tração
Exemplos de tração que podem levar à alopecia.

Pode ocorrer em qualquer pessoa que tenha hábito de tracionar os fios, mas é observada com maior frequência nas mulheres negras, por terem o costume de prender muito os cabelos, alisá-los quimicamente e por usarem apliques e tranças. Estima-se que 1 em cada 3 mulheres negras americanas apresentem algum grau de alopécia de tração. Já as mulheres negras africanas não sofrem tanto com este problema, por culturalmente usarem os fios mais naturais. É importante ressaltar que o dano da tração sempre será maior nos cabelos quimicamente alisados, por serem mais frágeis e resistirem menos à tensão.

Como saber se eu tenho alopecia de tração?

O sinal clássico da alopecia de tração é a rarefação do cabelo na região das têmporas e na área da franja. Toda a região fica rala, com alguns fios mais curtos remanescentes, de aspecto quebrado. As bailarinas e aeromoças, que usam coques muito apertados, também podem apresentar falhas na área da nuca, atrás das orelhas, assim como as mulheres que usam alongamentos tipo megahair nesta região.

Alopécia de tração tem cura?

Sim, quando identificada precocemente. Nas fases iniciais pode ser reversível com a mudança dos hábitos e com a ajuda de medicamentos e suplementos. É importante ressaltar que o principal tratamento é parar de tracionar os fios! Casos crônicos, com perda avançada dos cabelos podem não apresentar recuperação satisfatória, e um transplante capilar poderá ser considerado nesses casos. Assim, se você notou que está com o cabelo mais ralo, com falhas nas laterais ou na região frontal, e tem o hábito de tracionar muito os fios no dia a dia, procure seu dermatologista! A alopecia de tração pode ser prevenida e, quanto mais cedo a intervenção, maior a chance de reverter o quadro.



Dra. Thaís FerrazDra. Thaís Ferraz
Médica Dermatologista
CRM-SP 126039 | RQE 32754

Outros artigos desta colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *