Home » Unhas e Cabelos » Barba » Como cuidar da sua barba

Como cuidar da sua barba

Ter uma barba voltou a ser anseio de muitos homens. Mas você sabe cuidar da sua barba?

transplante-de-barba-dermatologia-e-saude-1

Os pelos e cabelos crescem praticamente no corpo todo, mas cada um tem seu ritmo e suas características. O pelo dos cílios não será igual ao pelo das sobrancelhas, que será diferente dos cabelos, que serão diferentes dos pelos da barba, que serão completamente diferente dos pelos do corpo.

Em alta desde o ano passado, a barba farta, estilo lenhador, traz de volta a imagem da virilidade que estava perdida no século XX. Num mundo onde as mulheres podem variar os cabelos à vontade, os homens parecem ter encontrado sua contrapartida nos pelos faciais. Porém, cultivar uma barba do século XIX requer alguns cuidados.

A pele do rosto está acostumada a ser raspada com um barbeador quase diariamente. Isto remove restos celulares superficiais, sebo e sujidades. É uma limpeza intensa, praticada no mínimo a cada 2 dias, ao barbear-se. Deixando crescer a barba, esta limpeza não será feita mais tão frequentemente (o que não significa que trará problemas, seu couro cabeludo vive assim desde sempre e não reclama), e pode haver alguma coceira inicial (água e sabonete resolvem).

Tenha estilo mas tenha segurança: não cuidar da sua barba pode levar a dermatites, infecção por fungos, e coceira intensa, incômoda. Lave sempre caprichosamente sua barba, da mesma maneira que lava o couro cabeludo.Pode-se usar condicionador, se quiser, ou mesmo reparador de pontas, com silicone, para fios mais ressecados. Acostumar-se com este novo padrão leva algum tempo.

Para uma barba viril, mas sem imagem de desleixo, apare-a no pescoço e bochechas. Longa mas não desleixada: com um aparelho, tente manter os fios aproximadamente da mesma altura. Dependendo do formato do seu rosto, há vários estilos de barba, você escolhe o seu.



Dr. Marco Otávio Rocha CoutoDr. Marco Otávio Rocha Couto
Médico Dermatologista
CRM-DF 12.167 | RQE 6137

Outros artigos deste colunista em www.dermatologiaesaude.com.br zoom in

Encontre-me no Google


Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *